8 tendências de Marketing para 2021 e como se planejar para o novo ano

tendências de marketing

2020 foi um ano intenso. Com a pandemia do novo coronavírus, as formas de se comunicar, consumir, estudar e trabalhar foram transformadas. A compra de mercado pode ser feita pelo aplicativo, a blusinha agora é comprada direto do Instagram e as lives estão arrecadando dinheiro para causas sociais. 

Quem não estava presente na internet, se sentiu ilhado e percebeu a importância de estar presente nas redes sociais e de possuir seu próprio site. Quando as portas do comércio se fecham, é pela tela do celular que você alcança seu público. Por isso, reuni 8 tendências de Marketing para 2021 para você se atualizar e se planejar para melhorar a sua presença digital neste novo ano

8 tendências de Marketing para 2021

1. Lives e experiências em tempo real

Quem não assistiu a um show, palestra ou entrevista ao vivo pela internet durante o ano de 2020 que jogue a primeira pedra! Com o distanciamento social as lives se multiplicaram e aproximaram pessoas mais do que nunca, e por isso essa fica no topo das tendências de Marketing para 2021. 

O Instagram, por exemplo, aumentou o tamanho das lives na plataforma de uma para quatro horas. E plataformas específicas de vídeo, como o Zoom, bateram recordes de novos usuários. Aposte nas experiências em tempo real e use essa estratégia para se aproximar da sua comunidade. 

2. E-commerce integrado a redes sociais

Outra estratégia que teve grande impacto em 2020 foi o e-commerce. Muitos usuários que tinham receio de fazer compras via internet fizeram as primeiras tentativas e, além de aumentar o número de usuários comprando, aumentou também a gama de produtos disponíveis nas lojas online.

tendências de marketing - e-commerce + redes sociais

Compras de mercado, farmácia, roupas, delivery de comida, tudo pode ser comprado a um clique de distância. E as redes sociais não ficaram fora dessa! O Facebook Shops, que integra as lojas no Facebook e Instagram, já está no mesmo patamar que os maiores e-commerces do mundo, Amazon e Google. 

A combinação de comércio e redes sociais permite que os usuários descubram novas marcas e produtos através de posts e influenciadores, facilita a criação de campanhas interativas e compartilháveis e é uma ótima forma de lançar novos produtos. 

3. Chatbots

Sabe quando você entra em um chat em um site ou rede social e um robô inicia o atendimento te fazendo algumas perguntas para ajudar a resolver o problema? Eles são chamados de Chatbots e estão se tornando tão sofisticados que às vezes é difícil distingui-los de um ser humano real. 

Essa estratégia entrou na lista das tendências de Marketing porque tem atraído cada vez mais empresas e não vai demorar muito para que os Chatbots se tornem padrão e sejam instalados em todos os sites e aplicativos. Essa aceitação se dá, principalmente, por conta da popularidade das assistentes virtuais, como Siri e Alexa. 

As assistentes estão cada vez mais semelhantes à fala e escrita humana, o que gera uma aproximação com o usuário, diminuindo a resistência a usar a ferramenta. Além de agilizar e ampliar o tempo disponível de atendimento. 

tendências de marketing - chatbots

4. User Generated Content – UGC 

User Generated Content (UGC) significa conteúdo gerado pelos usuários e são publicações dos usuários que podem ser aproveitadas nas estratégias de marketing das empresas. As marcas estão percebendo o poder da influência de usuários comuns, cujas experiências com a marca funcionam como prova social para outros consumidores. 

E com a dificuldade de gerar conteúdos e manter o isolamento social, essa estratégia se fortaleceu e muitas marcas usaram essas publicações em suas próprias redes. Para aderir ao UGC, você pode repostar stories de usuários, lançar desafios no TikTok, publicar avaliações dos usuários no site ou e-commerce, criar grupos exclusivos de debates e contribuições para a marca e muito mais! 

5. Interatividade

Mais uma estratégia super importante dentro das tendências de marketing de 2021, o conteúdo interativo continua em alta! E o motivo é óbvio: trocamos as interações reais pelas interações na tela. A interatividade cria um envolvimento humano e é uma ótima forma de conectar marcas e consumidores. 

Entre as formas de criar conteúdo interativo estão as figurinhas dos stories, quizzes, questionários e vídeos interativos. Até a Netflix entrou na onda e investiu em alguns filmes e séries em que a continuação da história é decidida por quem assiste

tendências de marketing - interatividade
Próximo episódio!

6. Slow Content

O Slow Content, ou Conteúdo Lento em português, é uma nova forma de produzir conteúdo, focado na qualidade e não na quantidade. Não faz mais sentido publicar diariamente, ou mais de uma vez ao dia, se esse conteúdo não agrega ao usuário.

As pessoas querem consumir bons conteúdos, que mostrem a identidade e o propósito da marca e que criem conexões mais profundas com elas. E esses conteúdos precisam de mais tempo para serem pensados, aprofundados e produzidos. 

Se você quer se aventurar no Slow Content, precisa entender bem quem são suas personas, seus desejos, dores e objetivos. Fazer um planejamento é essencial para que essa estratégia dê certo. 

7. Humanização das marcas

O ano de 2020 trouxe um cenário de perdas, incertezas e vulnerabilidade. Além da pandemia, tivemos casos sérios de racismo no Brasil e nos Estados Unidos, intensificados pelo movimento #BlackLivesMatter. 

tendências de marketing - humanização das marcas

As marcas que compreenderam seu papel de relevância nos momentos de dificuldade e souberam assumir sua condição humana, conseguiram se conectar com as pessoas. Quando nos identificamos com uma marca e percebemos que ela compartilha dos mesmos valores e causas sociais que nós, há uma ligação mais forte do que apenas consumo. 

Para isso, a humanização da marca precisa ser autêntica e ressoar nos processos internos, na contratação de funcionários, na criação dos produtos. Quando os valores dos posts não batem com os ideais reais da empresa, essa estratégia não surte efeito nenhum, pelo contrário, acaba negativando a empresa. 

8. SEO e buscas mais ágeis no Google 

E para finalizar a lista de tendências de marketing para 2021: SEO! Sim, as pesquisas do Google não poderiam ficar de fora dessa. Para quem não sabe, é pelo SEO que o Google e outros mecanismos de busca definem quais sites são mais relevantes quando você faz uma busca. 

Melhorar a pesquisa orgânica do seu site é um trabalho constante e de longo prazo. A cada nova postagem no seu blog, deve-se adotar alguns princípios básicos para avançar um pouco na corrida do Google. 

tendências de marketing - SEO

Mas nós vamos falar mais sobre isso nas próximas postagens e trazer muitos outros conteúdos para você melhorar ainda mais sua presença online. Se quiser receber as novidades direto na sua caixa de email, inscreva-se na minha newsletter! 

Gostou das 8 tendências de Marketing para 2021? Deixe seu comentário!